A Mulher para o nosso tempo

Todos os passos são benditos quando se procura levar o Evangelho e anunciar a paz... Tecla Merlo

Inteligente e sensível aos sinais dos tempos, simples e humilde, Tecla Merlo (1894-1964) foi incansável colaboradora de Tiago Alberione, na realização do projeto de Deus para os tempos modernos: viver e comunicar a todos Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, com os meios mais rápidos e eficazes que o progresso humano oferece.

Ela participou ativamente e de modo original, ao lado de Tiago Alberione, da fundação da congregação das Irmãs Paulinas, da qual é cofundadora, e acompanhou, com sabedoria e amor de mãe, o nascer e o desenvolvimento das congregações religiosas que compõem a Família Paulina. Com intuição profética, Tecla Merlo captou o sentido profundo e a novidade da vocação Paulina na Igreja, particularmente em relação à mulher, e a concretizou em meio a muitas incompreensões e dificuldades.

Na dinâmica crescente que foi transformando sua vida, dia após dia, ela viveu a fé como resposta, livre e consciente, ao amor de Deus, buscando em tudo realizar a sua vontade.

Viveu a sua consagração a Deus, na solidez da fé, na oração intensa e no dinamismo da caridade concretizada no empenho cotidiano de anunciar a Palavra de Deus, até os confins do universo.

Nela se concretizaram as palavras de Tiago Alberione: “Quem tem fé é potente nas suas obras, nas suas palavras, nas suas virtudes, junto de Deus e das pessoas”.

Na força que vem de Deus, de criatura fisicamente frágil, Tecla Merlo tornou-se heroína de fortaleza, de coragem e de paciência. Com seu testemunho de vida simples e pobre, alegre e criativa, Irmã Tecla é autêntica inspiradora da vida e da missão das irmãs Paulinas, em todos os tempos e culturas.

Padre Tiago Alberione foi o primeiro a reconhecer suas virtudes heroicas que, mais tarde, toda a Igreja haveria de confirmar. Em 22 de janeiro de 1991, o papa João Paulo II assinou o decreto e proclamou Irmã Tecla Merlo como venerável.